Sunday, January 04, 2009

E você, o que me diz?

"Espírito inquieto, mente buliçosa. Do tempo em que mais se ouvia do que podia falar. As perguntas calavam sem respostas. Os dramas do viver humano, os sofrimentos, as mágoas, as revoltas, as dores me inquietavam e faziam pensar..."

Assim a minha querida mãe começou o seu próprio blog E Você, O Que Me Diz?, e realmente a descrição é totalmente correta. Minha mãe sempre foi fascinada com a mente humana e sempre demonstrou imensa satisfação e realização na sua paixão e profissão de Médica Psiquiatra.

Para nós, em casa, ela sempre demonstrou enorme interesse no bem-estar dos seus pacientes, ficando genuinamente feliz e animada quando eles progrediam durante o seu tratamento com ela. Inúmeras vezes atendi a porta de casa para encontrar pacientes trazendo presentes ou outra forma de agradecimento sincero.

Infelizmente boa parte da população ainda tem a noção errônea que Psiquiatra é "médico de doido" e por isso recusam-se a ver um psiquiatra, preferindo optar por terapias mais "aceitáveis" socialmente. Infelizmente porque isso freqüentemente apenas prolonga o sofrimento do paciente, e por vezes agrava o problema, tornando o tratamento mais longo e doloroso.

A palavra "Psiquiatria" vem do Grego psukhē ‘alma, mente’ + iatreia ‘curar’ (de iatros ‘curador’ ). Eu testemunhei inúmeros pacientes onde essa cura da alma e da mente ocorreram.

E agora que já não mais me encontro sob as asas da minha mãe, sou leitor assíduo do E Você, O Que Me Diz? na busca de continuar recebendo os frutos do conhecimento de uma pessoa com tanta experiência, competência e amor aos "emaranhados da vida humana, as inquietações, os sofrimentos e tambem os caminhos da vitória!" como ela mesmo disse.

No comments:

Post a Comment